Login  Recuperar
Password
  9 de Dezembro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa

Lista de Notícias - Opinião / Editorial

EDITORIAL

Video Audio Os heróis que não são lembrados

Chamam-lhes “soldados da paz”. Porquê? Talvez porque a sua vida é uma luta diária em defesa do bem estar da comunidade. São eles que estão sempre prontos a ajudar nas maiores aflições, transportam doentes, socorrem em grandes acidentes, apagam os fogos que ameaçam casas e vidas
ler mais | 27-08-2013 |

EDITORIAL

Video Audio O “Toma” do Zé Povinho

As pessoas que vivem na região do oeste sabem que o transporte urbano das Caldas se chama “Toma”, em homenagem bem merecida a uma das criações mais populares de Rafael Bordalo Pinheiro. Todos, por esse Portugal fora, conhecem a figura pitoresca do Zé Povinho, no seu gesto eternizado de discordância e protesto perante aquilo que lhe é adverso e que coloca em causa aquilo que ele próprio representa: o Povo português.
ler mais | 13-08-2013 |

EU PESCADOR ME CONFESSO

Video Audio GENTE COMO NÓS

Estão a gozar connosco. É impossível que não estejam. Com o país na penúria e milhares de pessoas a passarem fome ou a recorrerem à caridade social. Com reformados e pensionistas a verem o valor das suas pensões diminuírem drasticamente, obrigando-os a prescindir de refeições, remédios e cuidados de saúde.
ler mais | 01-08-2013 |

Video Audio EM PROL DA DEMOCRACIA

O descrédito dos partidos do poder é enorme devido à situação a que chegámos e ao facto de muitos verem os lugares da política como uma profissão e uma forma de terem o que nunca teriam (e estamos “cheios deles”!). Por isso a Democracia está em crise. A maior parte dos cidadãos competentes nas suas profissões ou atividades empresariais não quer estar nesses cargos da política por saber o que “por lá anda”. Como os compreendemos… Mas será que temos o direito de não assumir a nossa responsabilidade e deixar que isso aconteça?
ler mais | 01-08-2013 |

Editorial

Video Audio E tudo o tempo curou

Vivam as eleições! Vivam as escolhas democráticas! Vivam! A razão de tantos “vivas”? É simples! Se repararmos bem, só em ano de eleições acontece algo positivo para a freguesia, para o concelho, para o distrito ou para o país. Se é preciso haver propaganda, discursos e promessas para darem um “rebuçado” ao povo em troca do seu voto, então é caso para dizer que deveria haver a possibilidade de votar todos os anos. Pelo menos, os problemas iriam sendo solucionados e não ficavam quatro ou cinco anos à espera, a marinar, para serem resolvidos.
ler mais | 01-08-2013 |

EDITORIAL

Video Audio Pela salvação nacional…

O presidente da República teve mais uma das suas ideias peregrinas. Agora lembrou-se de juntar os partidos que assinaram o memorando da troika em nome de um bem maior: a Pátria!
ler mais | 16-07-2013 |

EU PESCADOR ME CONFESSO

Video Audio D. ANÍBAL, O AGRICULTOR

Numa manhã de nevoeiro, andava D. Aníbal a caçar perto das suas terras de Boliqueime, quando à sua frente se levantou um coelho que ele de imediato começou a perseguir. Foi uma perseguição tremenda, até que o caçador sentiu que nada tinha diante de si.
ler mais | 05-07-2013 |

Editorial

Video Audio Um dia a “casa” vem abaixo…

A saída de Vítor Gaspar, ministro das Finanças, trouxe um sorriso à maior parte dos portugueses. Sem questionar a competência do homem por trás do cargo, a verdade é que, enquanto ministro de uma pasta tão importante como é a das finanças, os seus erros de cálculo lhe custaram a credibilidade.
ler mais | 02-07-2013 |

EU PESCADOR ME CONFESSO

Video Audio “PATCHWORK”

Da primeira vez que foram pedidos sacrifícios, os portugueses surpreenderam-se. Tinham-lhes prometido benesses e, em troca, estavam a dar-lhes penalizações. No entanto, aceitaram a justificação de que esses sacrifícios eram para tapar buracos orçamentais. Resignaram-se, visto tratar-se de uma boa causa. E ficaram convencidos de que, tapados os buracos com os seus sacrifícios, tudo passaria a funcionar conforme o prometido. O Governo analisou, quantificou, fez as contas e avançou…
ler mais | 24-06-2013 |
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]