Login  Recuperar
Password
  20 de Outubro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cultura
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Fotografias de nazareno Rui Caria premiadas sobre drama dos migrantes em exposição nos Açores

O fotógrafo Rui Caria apresenta no Centro de Artes Contemporâneas Arquipélago, nos Açores, um conjunto de fotografias premiadas sobre o drama dos migrantes na Europa.

11-10-2018 | JL

A mostra “Os Refugiantes”, ficará patente na Ribeira Grande, ilha de São Miguel, até 28 de outubro, é um retrato de uma história contemporânea que “está a acontecer neste preciso momento”, com pessoas recolhidas no mar, oriundas de países “retalhados e despedaçados".
O autor explica que há pessoas que "partem nestas embarcações precárias para fugir de uma guerra, mas outros existem que vão à procura de melhores condições de vida na Europa por não as encontrarem num país mais ou menos normal”.
“Mostrar apenas história contemporânea”, explica Rui Caria, acrescentado sobre o que viu “veem misturados nas mesmas embarcações, com pouquíssima navegabilidade, pessoas com chinelos e outras muito bem vestidas”.
“Chamei-lhes ‘refugiantes’ porque durante o mês que lá estive não percebi a diferença entre refugiados e imigrantes ilegais”, declara o fotógrafo, para quem esta exposição poderia ser permanente por ser um trabalho pleno de atualidade.
A exposição é composta por 20 fotografias resultante de um trabalho desenvolvido durante 34 dias no Mediterrâneo, entre a Tunísia e Itália, a bordo do patrulha “oceânico” da Marinha portuguesa “Viana do Castelo”, cujos militares estiveram em ações de recolha e salvamento.
A seleção de fotografias agora apresentada recebeu o primeiro prémio no “Monovisions Photography Awards 2018 – Black & White Photojournalism Series of the Year 2018".
Este trabalho foi ainda menção honrosa no concurso "European Professional Photographer of the Year Awards 2018 – Reportage/Photojournalism", da Federação Europeia de Fotógrafos Profissionais.
Rui Caria, nascido na Nazaré, em 1972, e residente na Praia da Vitória, na ilha Terceira, começou em 1990 a realizar pequenos filmes comerciais, tendo-se tornado correspondente da TVI, onde permaneceu como repórter e editor de imagem até 2003.
É formador certificado na área multimédia, repórter e editor de imagem, correspondente nos Açores para a SIC desde 2006. Colabora como fotojornalista com alguns jornais nacionais e internacionais.
Vencedor e finalista de diversos concursos internacionais, as suas fotos estão publicadas em diversos livros internacionais de fotografia. Tem diversas fotos publicadas na imprensa nacional e internacional.
Em 2016, foi câmara de prata da Federação Europeia de Fotógrafos na categoria de fotojornalismo, na competição de fotógrafo europeu do ano de 2016.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]