Login  Recuperar
Password
  25 de Agosto de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Opinião
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

A Nobreza da Política versus A Política dos Nobres

A política nasceu para resolver os problemas dos Cidadãos, aliás, todas as políticas da esquerda à direita nasceram com o objectivo de darem resposta aos problemas das Sociedades, das Pessoas, é assim desde o início da civilização, na Grécia, e deveria ser assim nos nossos dias, no nosso tempo.

26-09-2013 | Francisco Coutinho

Mas infelizmente não é… basta olharmos à nossa volta para percebermos que essa não foi a prioridade das últimas décadas no Concelho da Nazaré, aqui as políticas brotam apenas com o sentido de privilegiar alguns, e sem qualquer compromisso com a dignificação de todos os outros, a maioria… mas deixemos as políticas, e falemos da forma de fazer política na nossa terra, então aí ainda piora um pouco, são os ódios que se sentem pelos adversários e por todos aqueles que pensam diferente, são as maledicências, as ofensas, e os boatos, são a verborreia mental de alguns ressentidos e ressabiados, e mais grave ainda, a baixaria lamacenta de produzir cartas anónimas para atingir e ofender a dignidade das pessoas tentando descredibilizá-las aos olhos da População, as cartas escritas por Homens nunca são anónimas.
Hoje foram atingidos alguns, mas preparem-se os outros para o que aí vem, pois como bem sabemos, há gente de vários quadrantes políticos que pensava que estas eleições eram favas contadas, e neste momento atingiram já o desespero que os leva a utilizar todo e qualquer tipo de baixaria para atingir os seus fins, é assim a maneira de fazer política para alguns na Nazaré, para estes vale tudo, vale a mentira, o boato, a ofensa, o que quer que seja, porque o que importa é ganhar a qualquer preço, mesmo que cobardemente escondidos na calúnia e na mentira.
Estes são os fracos, os debilitados, os incompetentes, aqueles que escrevem a história que ninguém quer conhecer, aqueles que fazem com que todos os outros achem que nada vale a pena, mas nós sabemos que não é verdade, nós sabemos bem que o caminho que queremos trilhar faz todo o sentido, porque o Concelho da Nazaré vale a pena, os Cidadãos do Concelho da Nazaré valem a pena, os nossos filhos e netos valem tudo e merecem que por eles sintamos que vale a pena, e todos os esforços e lutas que possamos encetar para conseguir um Concelho melhor valem de certeza a pena.
Abominamos os cartazes vandalizados, os ataques pessoais caluniosos e mentirosos, as cartas anónimas despudoradas, e toda e qualquer atitude de baixa política promovida e patrocinada por quem não tem mais nada para oferecer aos Cidadãos do Concelho da Nazaré, mas quanto mais fortes forem estes ataques, mais nos fazem sentir a força que precisamos para trabalhar pela nossa terra, o Concelho da Nazaré.
Somos um grupo de Cidadãos Independentes apoiados pelo Movimento do Partido da Terra - MPT, conscientes das dificuldades que iremos encontrar se os Cidadãos nos derem a sua confiança, e quiserem um novo modelo de gestão na nossa Autarquia, mas essa consciência das dificuldades não nos impede de querermos enfrentar o desafio, porque sabemos que temos as melhores soluções para inverter este rumo de endividamento que vem sendo seguido pela gestão anterior, sabemos como implementar um verdadeiro plano estratégico de desenvolvimento para o Concelho que inclua todos os Cidadãos, sabemos como atrair investimento produtivo para criar emprego e fixar os jovens no Concelho da Nazaré, sabemos o que devemos fazer para voltar a posicionar a Nazaré no lugar que é seu por direito, ser o principal centro de atracção turística da costa ocidental portuguesa, sabemos da importância que a Nazaré de hoje tem, em contraste com a importância que deveria ter no contexto nacional, e por último sabemos do desmazelo e falta de brio que a Autarquia tem demonstrado por todo o Concelho, em contraste com a nossa vontade de garantir uma terra que nos orgulhe diante daqueles que nos visitam.
Acreditamos que os Cidadãos do Concelho da Nazaré querem estar connosco a promover esta mudança, acreditamos que querem contribuir para mudar o rumo da governação na Autarquia, acreditamos que querem fazer parte de um novo projecto para a nossa terra, mas exigem que seja sustentável e exequível porque sabem que o futuro não permite nem aventureirismos nem megalomanias, é necessário rigor e capacidade de gestão com os pés bem assentes no chão.
Porque esta mudança é fundamental, juntem-se a nós!
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]